Ir direto para menu de acessibilidade.

banner suporte cfp

 

Página inicial > Últimas notícias > Laboratório da UFCG recebe destaque do Presidente da República
Início do conteúdo da página

Laboratório da UFCG recebe destaque do Presidente da República

  • Publicado: Sexta, 05 de Abril de 2019, 09h24
  • Última atualização em Sexta, 05 de Abril de 2019, 09h24
  • Acessos: 398

Inauguração do CTTD está programada para acontecer ainda este mês

Localizado no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o Centro de Testes de Tecnologias de Dessalinização/Laboratório de Referência em Dessalinização (CTTD/Labdes) é um dos protagonistas nacionais em sua área de atuação. Na manhã desta quinta-feira, dia 4, ele foi mencionado, inclusive, pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, em suas redes sociais.

Na publicação, Bolsonaro comentou: “‪Pronto para inauguração o Centro de Testes de Tecnologias de Dessalinização de água – CTTD. Localizado em Campina Grande/PB. Nossos parabéns ao Astronauta @astropontes, Ministro de Ciência e Tecnologia. Este é o primeiro passo para evoluirmos para outros no Nordeste”.

Referência também no exterior

A inauguração do Centro de Testes de Tecnologia de Dessalinização (CTTD), no formato atual em Campina Grande, está programada para acontecer ainda este mês. Para a ocasião, já está confirmada a presença do Ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes.

"Essa visibilidade é fundamental para o Estado como um todo, e em especial para a Universidade Federal de Campina Grande. É de conhecimento geral que a UFCG é um berço de tecnologia, um centro de excelência, e essa ênfase positiva só vem a comprovar isso e nos motivar a seguir trabalhando e sendo referência”, disse o coordenador do laboratório e professor da Unidade Acadêmica de Engenharia Química (UAEQ) da Universidade, Kepler França.

O CTTD atua realizando testes em diferentes tipos de águas, de acordo com parâmetros físico-químicos, mas também checando eficiências de processos, custos, consumos, formas de construção e disponibilização das tecnologias. “É um trabalho que tem muito a agregar para as empresas e para a própria instituição. Mas especialmente para regiões como o semi-árido, atendendo comunidades difusas e levando água de qualidade”, completou o professor.

Parceria com Israel

A relação brasileira com Israel tem se estreitado nos últimos dias, e no âmbito da dessalinização acontece o mesmo. Na verdade, há até mais tempo. É que, se o Brasil, a exemplo do que acontece em Campina Grande, é referência no tema, Israel também pode assim ser considerado. O país o 11º no ranking de inovação, e aproximadamente 50% da água consumida lá vem de fontes não convencionais, como reuso e dessalinização, segundo afirmou recentemente o ministro Marcos Pontes.

Para o professor Kepler, coordenador do Labdes, trata-se de uma intercâmbio bastante proveitoso. “Queremos entender como eles fazem, onde acertam, como são os processos, como é a gestão. Também temos tecnologia e equipamentos, temos muito a aprender e ensinar, e essa troca de conhecimento é sempre muito bem-vinda. Que estimule muitas novas parcerias”, disse.

(Ascom CCT/UFCG)

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página